Pirenópolis

O município de Pirenópolis é o sonho de casamento de qualquer noiva e um dos destinos mais procurado do Centro-Oeste brasileiro. Isso porque, a cidade turística reúne em um só lugar paisagens exuberantes, contato com a natureza, cultura, história local e boa gastronomia!

Para quem conhece a cidade, sabe que a riqueza cultural de Pirenópolis pode ser vista durante o ano todo! Por aqui você encontra festas tradicionais, como a Festa do Divino, Cavalhadas e Festa do Morro, e eventos culturais de grande renome - dentre eles os festivais de música, de alta gastronomia, literatura e até mesmo de cervejas artesanais.

Continue lendo e descubra as maravilhas de Pirenópolis.

Cidade Histórica - para os apreciadores de arte e cultura

Pirenópolis é uma das primeiras cidades históricas do Estado de Goiás. O município conserva até os dias de hoje a bela arquitetura colonial, tombada como patrimônio histórico e cultural pelo IPHAN (Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional).

Igrejas em Pirenópolis

Religiosidade e tradição é algo que nunca faltou em Pirenópolis! A cidade engloba em seu Patrimônio, lindas igrejas que são verdadeiros monumentos. Cada uma conta um pouco mais sobre a história do município e toda sua trajetória até os dias de hoje. E para você conhecer um pouco mais, fizemos uma lista das principais igrejas de Pirenópolis e suas principais características! Confira abaixo:

Igreja da Matriz de Nossa Senhora do Rosário

Construída em taipa-de-pilão no século XVIII, um ano após a fundação da cidade, a Igreja da Matriz de Nossa Senhora do Rosário é o símbolo cultural mais marcante de Pirenópolis e seu principal cartão postal. Localizada no Centro Histórico da cidade, é o primeiro e maior monumento histórico de Goiás!

A Matriz possui um museu em seu interior, onde estão expostos alguns dos itens que restaram após o incêndio de 05 de setembro de 2002, seu acervo e todo o percurso de restauração.

A reconstrução da igreja manteve sua estrutura original e deixou algumas marcas propositais do incidente, com o objetivo de contar sua história nas paredes. O monumento majestoso é o berço da cultura tradicional e religiosidade pirenopolina; um dos principais pontos turísticos da cidade!

A igreja funciona normalmente e o museu de quinta a segunda, das 07h00 às 17h00.

Taxa de visitação do museu: R$ 2,00 por pessoa.

Igreja de Nosso Senhor do Bonfim

Fundada entre 1750 e 1754 e tombada como patrimônio histórico em 1988 pelo IPHAN, a lindíssima Igreja de Nosso Senhor do Bonfim é hoje a artisticamente mais rica da cidade! Obras de ao menos 200 anos que marcam a transição do barroco para o atual estilo da igreja, o rococó, foram descobertas nas paredes e forro da capela! A mesma passou por 3 anos de restauração e foi reaberta às celebrações religiosas e ao turismo.

Além de toda a estrutura reformada, a edificação de quase 260 anos, construída por escravos em taipa-de-pilão, teve os mais singelos e belos detalhes totalmente recuperados! Entre eles a imagem de Jesus crucificado em talha de madeira e tamanho natural, pinturas originais e 3 altares, altar-mor e mais dois dedicados a Santa Luzia e Santa Bárbara.

Sendo muito querida por todos, é costume dos moradores pedir a benção do Senhor do Bonfim antes de viagens, casamentos e início de algumas manifestações folclóricos-religiosas, como as Cavalhadas e a Folia do Divino.

A igreja é aberta a visitação de quarta a segunda-feira, das 12h00 às 18h00.

Taxa de visitação: R$ 2,00 por pessoa.

Igreja de Nossa Senhora do Carmo e Museu da Arte Sacra

Sendo um marco da fundação da cidade de Pirenópolis, a Igreja de Nossa Senhora do Carmo foi construída em arquitetura de terra em 1750 - pelo minerador Luciano Nunes Teixeira e seu genro Antônio Rodrigues - próxima às margens do Rio das Almas, onde foram descobertas as minas de ouro responsáveis pela colonização da região.

Sua fachada simples, esconde a grande beleza de seu interior, onde os altares são decorados com rica talha no estilo barroco-rococó, além de abrigar significativa coleção de estátuas sacras.

Ao decorrer dos anos, a igreja passou por várias reformas, mudando a fachada do estilo colonial para o art déco. Mas em 1976, teve novamente a fachada modificada para o estilo colonial, e assim permanece até os dias de hoje.

A partir dessa época, a igreja começou a se transformar em Museu da Arte Sacra, funcionando apenas em ocasiões especiais. Mas somente no dia 7 de outubro de 2009, foi aberta e o museu inaugurado!

No museu, você encontra vários objetos de culto, altares, sinos, imagens de Nossa Senhora do Carmo, de Nossa Senhora do Rosário dos Pretos e de Nossa Senhora da Boa Morte da Lapa, além dos túmulos dos construtores da igreja, Luciano e Antônio.

A igreja e o Museu estão abertos à visitação de quarta-feira à domingo, das 11h00 às 17h00.

Taxa de visitação: R$ 2,00 por pessoa.

A natureza de Pirenópolis

Além de toda cultura, história e tradição, Pirenópolis tem entre seus encantos uma natureza exuberante, capaz de tirar o fôlego de qualquer um. A cidade está rodeada de morros, serras, muito verde e mais de 80 cachoeiras, que compõem paisagens únicas!

Confira abaixo as cachoeiras mais bonitas de Pirenópolis:

Cachoeira dos Dragões

Localizada no Mosteiro Zen Busdista Eisho-Ji, a Cachoeira dos Dragões é formada por 8 cachoeiras e fica a 43 km de Pirenópolis. Um verdadeiro paraíso de águas cristalinas!

Cachoeira Paraíso

Localizada na Fazenda Araras, o nome dessa cachoeira diz tudo sobre ela! A Cachoeira Paraíso está a 30 km de Pirenópolis e por lá você encontra um poço de aproximadamente 6 de profundidade com águas cristalinas, 3 quedas e 6 piscinas naturais. Possui fácil acesso para crianças e idosos.

Cachoeira do Abade

A 17 km da cidade, a Cachoeira do Abade é uma das mais bonitas de Pirenópolis! E para chegar até ela, você pode optar por duas trilhas diferentes: uma um pouco mais longa que passa por mirantes, quatro cachoeiras, uma piscina natural e acesso a grande ponte e outra, que é um pouco mais curta e passa por duas cachoeiras.

Cachoeira do Lázaro

Dispondo de boa estrutura com banheiros, lanchonete e salva vidas nos finais de semana e feriados, a Cachoeira do Lázaro é uma ótima opção para ir com a família! Está localizada a 11 km de Pirenópolis e conta com uma praia natural de areia branca.

Usina Velha

A 4 km de distância de Pirenópolis, a Usina Velha conta com queda de 10 m e uma linda piscina natural de água cristalina.

Gastronomia

E depois de um dia em uma dessas maravilhosas cachoeiras, tudo que você precisa é de um lugar para apreciar uma boa gastronomia, não é mesmo? E lugares assim são o que não faltam em Pirenópolis! Por aqui você encontra incríveis opções para todos os paladares, de bares especializados em drinks, a estabelecimentos mais requintados, sushis, cantinas italianas, gelaterias, pizzarias, cervejaria e muito mais - tudo acompanhado de uma boa música ao vivo.

Pirenópolis: cenário de novelas e destino de viagem de celebridades

Se você leu até aqui, já percebeu que não é atoa que Pirenópolis foi cenário de novelas como Estrela Guia, Araguaia e Em Família, entre outras produções artísticas, como filmes, documentários e videoclipes. Além disso, a cidade é uma das preferidas da atriz Cleo Pires e sua família e já foi destino de viagem de vários artistas, como DJ Jesus Luz, Dany Bananinha, Rodrigo Simas, Mariana Xavier e Murilo Rosa.

Marque seu casamento em Pirenópolis

A cidade encantadora, com todas as suas maravilhas naturais, arquitetura histórica, boa cultura e gastronomia, é uma ótima escolha para passar um dos momentos mais especiais de sua vida, como seu casamento! Já imaginou? Por aqui isso é possível. Fale com a gente clicando aqui.

× Como posso te ajudar?